sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

O que é o Edema de Reinke?

O principal sintoma do edema
de Reinke é a voz grave.
O edema de Reinke é uma lesão difusa localizada na camada mais superficial da prega vocal. Tem como características coloração rosada e acúmulo de fluído na região da porção membranosa. De início é translúcido, mas tende a ficar mais avermelhado com o tempo.
    
Ocorre em adultos entre os 45 e 65 anos de idade, com histórico de uso intensivo da voz, abusos vocais constantes e fumo. Acomete em sua grande maioria à mulheres fumantes ou ex-fumantes.
    
O edema de Reinke apresenta-se inicialmente como uma disfonia discreta, porém progressiva. O tabagismo induz à hipersecreção na traquéia e a inflamação larínge resulta em tosse crônica. (Courey & Ossoff, 1996)

As mulheres tendem a procurar mais ajuda especializada, pois com o tempo a voz fica virilizada, passando a ser confundida com voz masculina, principalmente ao telefone.
    
O edema pode ser unilateral (edema fusiforme) ou bilateral. O tipo bilateral demonstra uma resposta irritativa de ambas as pregas vocais. (Behlau, 2000)

Caracterísicas vocais evidentes:
Os sintomas típicos são voz grave para a idade e sexo do paciente e rouquidão. A qualidade vocal no geral é rouca, fluída e crepitante, com pitch grave e modulação restrita. Extensão fonatória e dinâmica estão limitadas. Apesar do edema ser bastante volumoso, não tende a causar dispnéia. A ressonância geralmente é difusa ou laringofaríngea. As vezes ocorrem ataques vocais bruscos constantes. (Behlau, 2000)

Características laringológicas:
"As pregas vocais tem volume aumentado, parecendo flácidas e cheias de fluído, com uma característica gelatinosa. O edema pode ser mais restrito ou envolver toda a extensão das pregas vocais, bilateralmente, podendo ser simétrico ou assimétrico." (Behlau, Madazio & Pontes, 2000)

Conduta:
- interrupção do tabagismo
- orientações quanto à saúde vocal (principalmente hidratação)
- apoio emocional à interrupção do cigarro
- controle do estresse

Nenhum comentário:

Postar um comentário