segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Alimentos: o que faz bem e o que faz mal para a voz

O chocolate deve ser evitado antes do uso profissional da voz.
Os alimentos podem ser grandes aliados da voz. Alguns atuam praticamente como medicamentos naturais, que podem melhorar a qualidade vocal. Mas fique atento! Existem alguns que podem ser prejudiciais.  Estes alimentos, em geral, não precisam ser suspensos da sua dieta. Devem apenas ser evitados durante o uso profissional da voz, antes de uma palestra ou aula por exemplo.
   
Pessoas alérgicas e mais suscetíveis à problemas de voz devem procurar seguir estas orientações independente do uso profissional da voz.
    
O que faz bem:
Maçã: sua ação adistringente deixa a saliva mais fina. Além disso, devido à sua consistência, sua mastigação exercita e relaxa a musculatura orofacial, melhorando a articulação dos fonemas durante a fala. Atua também na higiene da cavidade oral e trato vocal, pois contém uma substância chamada pectina. Faria, Camisa e Guimarães (2007) recomendam antes do uso intensivo da voz ou quando estiver com pigarro.

Água: a primeira e mais importante de todas as orientações quanto à saúde vocal é sempre a hidratação! Nada ajuda mais à manter a boa qualidade vocal. deve ser ingerida para evitar o ressecamento, em caso de ambientes com ar condicionado e quando estiver falando muito. Ajuda também a diminuir acessos de tosse.

Mel e própolis: tem eficiente ação antibacteriana. Em alguns casos, porém seu uso tende a deixar a saliva mais viscosa. Por isso, seu uso não é recomendado antes do uso prolongado da voz. Deixe seu consumo para momentos mais específicos, como em casos de tosse ou rouquidão.

Gengibre: seu efeito anti-inflamatório já foi cientificamente comprovado, porém não se sabe a quantidade adequada que deve ser utilizada. Por isso, consuma moderadamente. 

O que faz mal:
Leite e derivados: como contém gordura, podem deixar a saliva engrossada. Esta saliva mais grossa cai na região do trato vocal e torna a articulação das palavras mais difícil.

Chocolate, café e chá preto: tendem a desidratar o organismo, aumentando a acidez estomacal, o que pode causar refluxo gastroesofágico. Este refluxo, pode prejudicar a movimentação adequada do diafragma (músculo da respiração) durante a fonação.

Refrigerante: seu gás também atua negativamente sobre o diafragma, além de dificultar a digestão.

Alimentos muito condimentados: dificultam a digestão e a movimentação livre do diafragma.

Balas e pastilhas: causam um efeito anestésico nas pregas vocais, além de aumentar a quantidade e a viscosidade da saliva. Evite sempre seu uso. Utilize apenas com receita médica.

Álcool: seu efeito anestésico mascara um possível abuso vocal. O álcool irrita e agride toda a região do trato vocal.

13 comentários:

  1. muito interessante bom saber disso para evitar riscos a voz

    ResponderExcluir
  2. isto é muito importante para termos uma boa voz.

    ResponderExcluir
  3. podia ser mais completo, mas esta legal

    ResponderExcluir
  4. Muito legal,quero ser cantor(a) e tenho q cuidar da voz!!!
    Vou participar do Ídolos Kids 2014!!!!

    ResponderExcluir
  5. Muito bom mesmo... curto e direto.... ameiii....

    ResponderExcluir
  6. Eu já sabia de tudo que foi dito sobre a voz, é sempre bom relembrar os alimentos que faz mal a voz.

    ResponderExcluir
  7. sou cantora mirim,e é bom saber disso para evitar mas condições da voz

    ResponderExcluir
  8. Amei, cantores devem investir em coisas saudáveis, como frutas e verduras sempre, já ouvi fala até de carne, afinal carne vermelha é rica em gorduras e isso tbm é péssimo para o cantor ainda mais o cantor lírico!

    ResponderExcluir