terça-feira, 3 de maio de 2011

Nasofibrolaringoscopia: importante exame para o diagnóstico da disfagia


Por Sabrina Leão

Exame realizado pelo otorrinolaringologista, é utilizado como método investigativo dos distúrbios da deglutição. trata-se de um exame simples, que dispensa o uso da anestesia. Como seu equipamento é portátil e de fácil manuseio, pode ser realizado em consultório ou em leito hospitalar
    
Através da nasofribrolaringoscopia observa-se a funcionalidade de estruturas como o palato mole, faringe e laringe, propiciando a vizualização também de estase salivar em valécula e seios piriformes, penetração ou aspiração de saliva, secreções e alimentos na laringe, assim como alterações de sensibilidade e reflexo, além da adução e abdução das pregas vocais.
    
O fonoaudiólogo pode acompanhar o médico durante a realização  do exame a fim de avaliar a fisiologia da deglutição. Para isto, utiliza alimentos misturados a corante azul (ajudando na vizualização), para a observação se sua passagem por valécula, seios piriformes e região cricofaríngea. Desta forma, o fonoaudiólogo pode observar a presença de aspiração antes, durante ou após a deglutição, além do acúmulo de restos alimentares.

24 comentários:

  1. Esse exame permite com que o médico veja se a pessoa tem algum resto de alimento? Possibilita ver queixas de paciente acerca do início do esôfago (final do pescoço) ou só a endoscopia é capaz de detectar alguma obstrução?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, através desse exame é possível a visualização de recessos em valécula (alimento preso nos espaços dentro da faringe). A Videofluoroscopia é um outro exame que também avalia as alterações durante a deglutição e pode também visualizar esse alimento "preso na garganta", já a endoscopia é um exame que tem outras finalidades.

      Excluir
    2. Muito obrigada pelas informações Doutora. Sofro com esse incômodo na garganta e ninguém consegue me dar uma explicação com certeza para o que afirmo sentir (dizem sempre que deve ser refluxo e por isso essa sensação contínua). Gostaria de realizar esse exame, já fiz pelo convênio, porém, não acredito que fui levada "à sério". A senhora poderia me indicar um bom profissional que possa realizar esse exame?

      Grata mais uma vez pela atenção.

      Excluir
    3. Olá, Cinthia!
      A nasofribrolaringoscopia é realizada pelo otorrinolaringologista, e muitas vezes, uma fonoaudióloga participa, observando ao vivo as alterações na deglutição. Já a Videofluoroscopia é realizada por fonoaudiólogo. Bem, você pode procurar um otorrino, mas sugiro que você procure primeiro uma fonoaudióloga para melhor te orientar. Ela realizará primeiro uma avaliação clínica da sua deglutição, e depois, a encaminhará para a realização de algum desses exames. Não esqueça de uma coisa muito importante: você deve encontrar uma fonoaudióloga especialista em DISFAGIA. A fonoaudióloga com experiência nessa área é que poderá identificar qual é seu verdadeiro problema.
      Obrigada por acompanhar o blog! Fique a vontade para tirar todas as suas dúvidas!

      Abraço!

      Excluir
  2. oi doutora eu falei para o medico que eu sinto a minha garganta seca de vez em quando , quando estou falando com frequência esse tipo de exame vê isto também?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para esse tipo de sintomas, o exame mais indicado seria a Videolaringoscopia.

      Excluir
  3. Ola isso doe,queria sabe

    ResponderExcluir
  4. olá doutora!tenho um problema ao usar palavras com fonema "s", e ao falar certas palavras com esse fonema involutariamente a minha boca mexe(ENTORTA) para o lado direito. Que falha facial seria essa? Têm como corrigir?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem avaliar pessoalmente fica difícil fechar um diagnóstico. Existem várias possíveis causas para seu problema. Sem aprofundar muito, o que posso lhe dizer é que seu problema de fala está relacionada a alguma alteração muscular, que pode ser de tônus, resultando em incoordenação. é preciso avaliá-la também pra saber se existem alterações de postura de língua e de lábios, além de mal oclusão e hábitos orais viciosos. Procure um fonoaudiólogo para que se realize uma avaliação completa da sua motricidade orofacial.

      Excluir
  5. tenho muito pigarro na garganta isso incomoda principalmente quando estou falando nao tenho historico de fumar ou parecido ..O que pode ser ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como você não é fumante, eu suspeitaria de algum tipo de alergia. Seria bom você procurar um médico alergista para investigar essa hipótese. Um otorrinolaringologista também seria uma boa idéia, caso seja constatado que seu problema não é de fundo alérgico.

      Att,
      Sabrina

      Excluir
  6. Dra. o meu otorrino pediu este exame Nasofibrolaringoscopia para dignóstico e/ou biópsia, porque tenho tido muitas infecções de garganta fortes em um período muito curto de tempo, tipo eu tive 1 em novembro dai tomei azitromicina e não funcionou depois tive que passar para clavolin junto com toragesic e anestesico para aliviar a dor , visto que não consegui me alimentar, melhorei e em dezembro fui viajar td bem, quando voltei em janeiro outra infecção que se repetiu de novo em março da eu tive que tomar zinat. O médico que me acompanha disse que
    dependendo do resultado eu teria que fazer uma cirurgia para retirar as amígdalas e corrigir o desvio de septo. Gostaria de saber qual a opinião da dra?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na minha opinião, se você tem um desvio de septo muito acentuado, que compromete a sua respiração nasal, é mesmo interessante você pensar na possibilidade de realizar a cirurgia de correção. Já em relação a cirurgia para remoção das amigdalas acho que você poderia pensar melhor a respeito. Antigamente esse tipo de cirurgia era bastante comum, porém, nos dias de hoje muitos médicos consideram esse procedimento ultrapassado, preferindo manter as amigdalas, pois, as mesmas contribuem para o sistema de defesa do organismo, evitando a entrada de agentes infecciosos pela respiração. Sugiro que antes de tomar uma decisão você busque uma segunda opinião.
      Att,
      Sabrina

      Excluir
  7. Olá Dra. bom dia!
    Tenho dois bebes de 2.a e 8.m (são gemeos) os dois possuem adenoides aumentadas e respiram super mal, inclusive um deles baba horrivelmente, ele jorra água pela boca, ele tem amídalas enormes que eu mesma consigo ver, é possível remover apenas as adenoides e preservar as amídalas?
    Att
    Regina Braga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Regina, a cirurgia para a reditada da adenóide hipertrofiada é chamada Adenoidectomia e a cirurgia para a retirada das amigadalas hipertrofiadas é chamada Amigdalectomia, portanto, são procedimentos diferentes. Não necessariamente seus filhos precisam ser submetidos as duas cirurgias, talvez não seja necessária nenhuma das duas. Como são ainda muito pequenos, sugiro que você informe-se com um pediatra e um otorrinolaringologista sobre a possibilidade de primeiro serem realizados tratamentos alternativos (medicamentos), com objetivo de tentar diminuir a adenóide e as amigdalas. Isso as vezes é possível. Seria também interessante você procurar a ajuda de uma fonoaudióloga, para tentar trabalhar a respiração nasal das crianças. Em alguns casos, a adequação da respiração nasal ajuda a diminuir a hipertrofia de adenóide.
      Obrigada pela visita!

      Excluir
    2. Obriga Dra. Sabrina, será que eu poderia marcar uma consulta com a sra.?

      Excluir
  8. Regina, eu moro em Manaus. Atendo no Hospital Santa Júlia. Se você morar na minha cidade, terei o maior prazer em atender seus bebês. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh Dra., eu moro em São Paulo infelizmente não podemos nos ver mas, já estou seguindo o seu conselho e o Otorrinolaringologista já solicitou o exame de nasofaringolocospia para o Lucas que baba demais e assim que possível marcarei uma consulta com uma fonoaudióloga.
      Obrigada
      Regina.

      Excluir
  9. Boa tarde doutora.
    Meu nome é Flávia e tenho muita dor na garganta somente de um lado e estava atualmente com um negócio branco parecendo pus e muita falta de ar gostaria de uma orientação e o que pode ser por que sempre inflama..

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde,

    Sofro de rinite, muito forte, e meu nariz tapa de um jeito que não consigo respirar, sai uma agua quando eu assou, as vezes sai amarelada, e muitas das vezes não sai nada, porem não entra ar nenhum, a Otorrinolaringologista me encaminhou para fazer esse exame, no meu caso de rinite sera que não respiro por causa da doença ou eh possível que seja algum outro problema? como vi nos poste anteriores referente a resto de comida nas laringes.

    ResponderExcluir
  11. Dra,por favor preciso de uma informação,se possível claro.Meu esposo precisa de fazer o exame de nasofibrolaringoscopia direta com biopsia,e não estou encontrando um local ou hospital que faça,sera que poderia me indicar um lugar.Muito grata!!!!!

    ResponderExcluir
  12. Dra. Bom dia.
    Meu filho de 5 anos tem nódulos vocais, o otorrino que o acompnha disse, para fazer sessões de fonoaudiologia... ele ja faz a mais de 6 meses mas nao apresentou nenhuma melhora, , agora vamamos repitir o exame nasofibrolaringoscopia para diagnostico e biopsia? Sstou muito preocupada pq ele vive muito rouco... Isso pode, ser muito serio? Por favor tirs as minhas dúvidas, obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É difícil dizer se pode ser muito sério ou não...O fato de seu filho não ter melhorado com a fonoterapia pode ser simplesmente porque terapia vocal em crianças é bem mais difícil de ser realizada do que com pacientes adultos. É difícil conscientizar uma criança de 5 anos sobre saúde vocal. Talvez fosse uma boa idéia tentar com outra fono, quem sabe... Faça os exames que o médico pediu, sem preocupar-se muito. É normal querer descartar outras possibilidades quando um paciente apresenta uma rouquidão muito persistente.

      Boa sorte!

      Excluir